Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cinco de Cada Vez

A fotografia tem pouco a ver com as coisas que vemos, e muito a ver com a forma como as vemos..

A fotografia tem pouco a ver com as coisas que vemos, e muito a ver com a forma como as vemos..

Cinco de Cada Vez

19
Jun19

Gerês e os tons de verde e azul


cincodecadavez

IMG_8586.JPG

IMG_8798.JPG

IMG_9347.JPG

IMG_9398.JPG

IMG_8892.JPG

Albufeiras, rios, ribeiras, cascatas, lagoas.. Albufeiras, rios, ribeiras, cascatas, lagoas..
 
Água pura por todo o lado..
 
No Gerês não é fácil estar em silêncio absoluto.. Quase omnipresente é o som da água a despenhar-se nas rochas.. E é maravilhoso..
 
O Gerês é lindo em qualquer época do ano, mas particularmente apetecível na primavera e no verão, quando já é possível desfrutar das suas cascatas e serenas lagoas..
 
A primeira paragem a fazer, teria obrigatoriamente que envolver água, sob pena de os adolescentes a bordo da viatura, enlouquecerem os adultos com a pergunta "Onde é que estão as cascatas?", "Onde é que estão as cascatas?", "Onde é que estão as cascatas?"..
 
Apesar de seguirmos sem roteiro definido, não lhes correu mal porque, para além das águas límpidas para nadarem e acalmarem os nervos, ainda tiveram direito a rochas enormes que funcionam como autênticos escorregas naturais.. Foi a loucura total!
 
Ao final da tarde, descobrimos outra cascata para um banho refrescante, antes do jantar na vila do Gerês, e é inevitável a pessoa sentir-se em total comunhão com a natureza em locais assim..
 
No último dia de Gerês, viveu-se a verdadeira aventura dos trilhos e caminhos desconhecidos e não assinalados, que culminou na chegada a mais uma piscina natural digna de contemplação..
 
Demorámos mais de uma hora entre estacionar o carro e dar o primeiro mergulho.. Adolescentes sempre na linha da frente, quase sem precisarem de auxílio para transpor obstáculos..
A aventura incluiu subidas, descidas, caminhadas e, quase no final, ainda tive que fazer equilibrismo sobre um tronco que unia margens..
Valeu-nos o elemento masculino do grupo que garantiu uma aventura sem incidentes, que isto de as mulheres não precisarem dos homens para nada, às vezes não é bem assim..
 
Valeu cada metro percorrido..
São muitos tons de verde e de azul..
Uma pura maravilha..
 

 

3 comentários

Comentar post